Observatório de Áreas Protegidas – OBSERVA
  • Observatório de Áreas Protegidas nos Estudos Acadêmicos

    Publicado em 21/03/2018 às 10:57

    O Observatório é uma iniciativa de um espaço de pesquisa, ensino e extensão que responda as necessidades de estudar as áreas protegidas, elaborando propostas e impulsionando medidas de proteção, de gestão e de ordenamento, tendo por base a sustentabilidade socioambiental.

    Congrega pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento.

    Pontua questões referentes as unidades de conservação, as áreas indígenas, áreas quilombolas, áreas verdes em espaços urbanos, reserva legal, áreas de preservação permanente e outros espaços protegidos por lei(s).

    Busca dialogar diretamente com instituições públicas que são gestores, efetuam pesquisa e/ou são co-responsáveis pelas áreas protegidas. Dialoga também com instituições, ONGs e outras organizações da sociedade civil.

    Pretende-se que seja um importante ponto de referência para a investigação científica e técnica, confluindo a investigação, proposições e criando experiências práticas sobre o território catarinense.

     


  • O voo dos Guarás em Florianópolis

    Publicado em 05/12/2019 às 17:21


  • Geografia Física e as Mudanças Globais

    Publicado em 04/12/2019 às 13:09

    O livro Geografia Física e as Mudanças Globais tem como objetivo reunir pesquisas relacionadas à temáticas importantes sobre as mudanças globais, como vulnerabilidade e risco, incertezas, adaptações, projeções de cenários, planejamento e mitigação de impactos socioambientais.

    http://www.editora.ufc.br/catalogo/28-geografia/982-geografia-fisica-e-as-mudancas-globais

    A décima oitava versão do Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada foi sediada na cidade de Fortaleza, capital do Ceará, no período de 11 a 15 de junho 2019, sob a organização da Universidade Federal do Ceará – UFC, por meio do Programa de Pós-Graduação em Geografia do Centro de Ciências e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Marinhas Tropicais do Instituto de Ciências do Mar- LABOMAR.

    O XVIII SBGFA contou com a inscrição de 1300 participantes, recebeu a submissão de 1600 trabalhos e publicou em formato de ebook 1327 artigos. A publicação foi organizada em eixos temáticos que, além de contemplarem as áreas de conhecimento tradicionais da Geografia Física, trazem discussões importantes, em escala global, a exemplo de: impactos na Amazônia, gestão territorial na Antártida, qualidade e acesso as águas potáveis em países em desenvolvimento, segurança alimentar, energias renováveis e desafios da descarbonização, eventos climáticos extremos, riscos e desastres naturais.


  • Participação de pesquisador em evento em Lima, Peru

    Publicado em 04/12/2019 às 10:02


  • Disciplina de Análise Ambiental da Paisagem é realizada no LAAM

    Publicado em 04/12/2019 às 08:36

    A partir da colaboração de trabalho do prof. Orlando Ferretti (CGN/CFH/UFSC) com o Prof. Dr. Diógenes Félix da Silva Costa (Depto. de Geografia –CERES/UFRN), se estabeleceu um convênio de trabalhos que inclui o oferecimento de disciplinas como tópicos especiais nos programas de pós-graduação em Geografia, de ambas as Universidades.

    Em sua primeira vinda a Florianópolis para o trabalho, o prof. Diógenes oferece a disciplina: Análise Ambiental da Paisagem, com uma ementa  que apresenta: sensoriamento remoto e SIG aplicados à análise ambiental; geodados primários e secundários; álgebra de mapas; métricas da paisagem; análise estatística de dados espaciais; geoestatística, contribuição da análise ambiental da paisagem às Unidades de Conservação e outras áreas protegidas.

    A disciplina conta com 12 estudantes matriculados, e ocorre nesta semana no Laboratório de Análise Ambiental (LAAM/CFH/UFSC).

    Figura 1: prof. Diógenes e estudantes de pós-graduação no espaço do LAAM no dia 03/12. Fotografia: Orlando Ferretti, 03/12/2019.

    Figura 1: prof. Diógenes iniciando os trabalhos no espaço do LAAM no dia 03/12. Fotografia: Orlando Ferretti, 03/12/2019.


  • Caminhadas na Natureza com Libras no Parque Natural Municipal da Lagoa do Jacaré das Dunas do Santinho

    Publicado em 01/12/2019 às 11:46
    O Observatório de Áreas Protegidas (Observa/UFSC) em parceria com o Projeto de Extensão Terra à vista: Perspectivas Surdas em Ecologia, ofereceu mais uma Caminhada na Natureza com Libras. A trilha guiada, acessível, ocorreu no Parque Natural Municipal Lagoa do Jacaré das Dunas do Santinho.

    O pesquisador e geógrafo, Fabrício de Almeida, acompanhou o trabalho guiando pelos limites da UC, que abriga ecossistemas típicos do Bioma Mata Atlântica, como: restinga, duna, costão rochoso, praia e floresta ombrófila densa. A partir do topo do Morro dos Ingleses (185 metros de altitude) foi possível observar a realidade na qual a unidade está inserida, além das paisagens que compõem a região norte e leste da Ilha de SC. A acessibilidade em Libras foi garantida pela Viviane Barazzutti, intérprete e parceira do Observa.
    O Projeto Terra à vista tem proporcionado vivências em ecologia para pessoas surdas em diferentes espaços, com diversas parcerias: Observa, Estação Ecológica do Carijós, Cepagro, Instituto Socioambiental do Santinho, Jardim Botânico, Instituto Aprender Ecologia, entre outros, e já ofereceu visitações em Unidades de Conservação e oficinas de agroecologia.

    Contato: vivi.barazzutti@gmail.com


  • Reunião de pesquisadores do Parque Estadual do Rio Vermelho

    Publicado em 25/11/2019 às 10:54

    O Instituto do Meio Ambiente – IMA em conjunto com o Observatório de Áreas Protegidas (OBSERVA/UFSC), realizaram no dia 20/11, no espaço do Laboratório de Análise Ambiental (LAAM) e no Auditório do Prédio F, uma reunião científica de pesquisadores que tem ou já tiveram pesquisa no Parque Estadual do Rio Vermelho. A reunião faz parte de etapa que compõe a elaboração do Plano de Manejo da unidade de conservação. O Plano está sendo elaborado pela equipe técnica do próprio IMA.

    O objetivo da oficina foi reunir pesquisadores com atuação na região que possam contribuir com informações relevantes para elaboração do plano de manejo, identificando as lacunas que possam ser preenchidas por trabalhos já existentes, e a indicação de temas científicos relevantes na conservação do parque estadual, a fim de propor pesquisas a serem realizadas na unidade de conservação. O evento foi organizado por Adriana Nunes e por Rogério Castro da Coordenação do Parque Estadual do Rio Vermelho – IMA, e com apoio do grupo de pesquisadores do Observatório de Áreas Protegidas – OBSERVA/LAAM/UFSC.

    Imagem: Apresentação da oficina com a coordenadora do PAERV Adriana Nunes. Fotografia:  Orlando Ferretti, 20 de novembro de 2019


  • Os Guarás (Eudocimus ruber) voltaram?

    Publicado em 25/11/2019 às 10:42

    UFSC na mídia: após 200 anos, aves que parecem flamingos voltam a colorir Florianópolis


  • Projeto Fauna Floripa

    Publicado em 25/11/2019 às 10:38

    Projeto da UFSC utiliza câmeras de monitoramento para inventário da fauna da Ilha de Santa Catarina

     


  • Pesquisadora do OBSERVA apresentou artigo em evento de Gestão do Conhecimento e Inovação

    Publicado em 25/11/2019 às 10:29

    Nos dias 07 e 08 de novembro de 2019 a acadêmica Natália Silvério, pesquisadora do Observa, esteve presente no IX Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação, realizado no campus da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Porto Alegre-RS).

    No evento, apresentou o artigo “AS RELAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES DA GESTÃO DO CONHECIMENTO À GESTÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DA NATUREZA”, que faz parte da pesquisa que vem desenvolvendo no seu mestrado em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC).

     

    O artigo destaca estudos que apresentam métodos, técnicas e práticas de gestão do conhecimento (GC) utilizadas na gestão de áreas protegidas no mundo, bem como as contribuições que a GC pode oferecer para tornar a gestão desses espaços mais efetiva.

     

    O artigo já está disponível para download, acesse: http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/758


  • Evento de pesquisadores no OBSERVA

    Publicado em 13/11/2019 às 20:21

    O Instituto do Meio Ambiente – IMA em conjunto com o Observatório de Áreas Protegidas (OBSERVA/UFSC), organizam a reunião científica de pesquisadores sobre o Parque Estadual do Rio Vermelho, etapa que compõe a elaboração do Plano de Manejo da unidade de conservação, à ser realizada na Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC,  no Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFH, prédio F, 6° andar, no Laboratório de Análise Ambiental (LAAM) e no Auditório, no dia 20 de novembro de 2019, das 08:30 às 18:00 h.

    O objetivo da oficina é reunir pesquisadores com atuação na região que possam contribuir com informações relevantes para elaboração do plano de manejo, identificar lacunas que possam ser preenchidas por trabalhos já existentes, indicar temas científicos relevantes na conservação do parque estadual e propor pesquisas a serem realizadas na unidade de conservação.

    O evento é voltado a pesquisadores que já atuam nesta Unidade de Conservação, ou coordenadores de grupos de pesquisa que tem interesse em trabalhos na UC.